Notícias

Prefeitura de Carapicuíba realiza evento cultural em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Secretarias: Cultura e Turismo
Data de Publicação: 17 de novembro de 2021

prefeitura-de-carapicuiba-realiza-evento-cultural-em-homenagem-ao-dia-da-consciencia-negra

Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no em 20 de novembro, a Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, preparou para esta data uma programação cultural voltada ao tema na Praça da Aldeia. O objetivo do evento é reforçar a importância da realização de novas lutas para tornar a nossa sociedade mais justa.


A programação contém cerimônia religiosa, apresentações musicais e teatrais de artistas do município. As obras e exposições trazem questões de racismo e desigualdade para que nesta data seja relembrada a luta pela liberdade e para reforçar a importância de novos desafios.


O evento também vai contar com brinquedos infantis e serviços voluntários de cuidados de estética pessoal.

Confira a Programação:

09h - Missa dia da Consciência Negra – Terço Vivo
13h - Dj sardinha
13h15 - Cícero Monteiro - Dança
13h30 - Mestre  Okan Grupo Filhos de Malê
14h - Comunidade Cultural Tradicional de Terreiro - ILÊ IYA OMIN ASÉ OLOKUN
14h30 - Educação
15h - Grupo Coral Fina Sintonia
15h30 -  Grupo Descendentes da Favela
16h - Grupo  Fortaleza Capitão D’areia Queixada
16h30 - Oca - Maracatu / Oca - Afro
17h - Batalha de Rimas
17h30 – Show da Relicário Rec
18h - Banda Disfalk RAP/REGGAE
18h20 - Zahrah’s Dancers
18h30 - Cia . Um Brasil
19h - Os Hipócritas – PERFORMANCES TEATRAIS
19h30 - Cohabtantes – REGGAE

O que é o Dia da Consciência Negra?


A data refere-se ao dia em que Zumbi dos Palmares, considerado símbolo de luta e liberdade da escravidão da população preta, morreu no dia 20 de novembro de 1695. Considerado um herói no combate à escravidão, Zumbi faleceu enquanto defendia seu povo no Quilombo dos Palmares, núcleo mais conhecido de resistência negra à escravidão no Brasil. O dia é uma homenagem que faz pensar na valorização do povo afro-brasileiro.