Secretaria de Transporte e Trânsito

Notícias

21 de janeiro de 2015

Obras do Corredor Oeste entram nova fase no trecho de Carapicuíba

Na última semana foi iniciada a nova fase de obras do Corredor Oeste, na divisa de Carapicuíba e Barueri. O tráfego no local foi alterado para a sequência das obras com a interdição de cruzamento na Av. Deputado Emílio Carlos. A Secretaria de Transporte e Trânsito de Carapicuíba (SMTT) mantém agentes no local e foram colocados cones de sinalização delimitando a área interditada e indicando os desvios, além das alterações feitas no tempo dos semáforos.
 
No geral, a orientação da SMTT para os motorista é que evite a região nos horários de maior movimento, como o início da manhã e final da tarde, optando por caminhos alternativos.
 
Os condutores devem ficar atentos às mudanças, pois há interdições nas duas cidades. Em Carapicuíba, quem sai da Av. Vitório Fornazaro em direção à Barueri deve entrar na Av. Deputado Emílio Carlos e seguir até o primeiro retorno, na altura do número 1500.
 
Já o caminho para quem sai do centro de Carapicuíba pela Av. Deputado Emílio Carlos e precisa acessar os bairros Ariston e Vila Lourdes, precisa seguir até a segunda rotatória da Via Marechal Rondon, em Barueri, para voltar pois o primeiro retorno também está bloqueado.
 
O Corredor Oeste conta com investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e foi projetado para ligar os municípios da região oeste da Grande São Paulo e terá um total de 23,6 km de extensão, passando pelos municípios de Itapevi, Jandira, Barueri, Carapicuíba, Osasco e São Paulo (Butantã) e juntos somam 12,5 milhões de habitantes. O trecho de Carapicuíba tem extensão de 2,2 km e o projeto prevê a construção de terminal no Km 21 (com integração à estação de trem da CPTM), duas estações de embarque e desembarque de passageiros, viaduto e alças de acesso.
 
O prefeito Sergio Ribeiro ressaltou a importância desta e das outras obras que estão em andamento na cidade: “São resultados das parcerias e convênios firmados entre prefeitura e EMTU. É um momento histórico para Carapicuíba, pois todas as grandes reivindicações e sonhos dos moradores da cidade relativos à mobilidade urbana estão em andamento”.
 


Ver todas as notícias