Secretaria de Assistência Social

Notícias

26 de abril de 2017

Centro de Economia Solidária abriga cursos de artesanato e geração de renda

Com um leque de atividades, o Centro Público de Economia Solidária abriga diversas turmas com instruções sobre artesanato, além da atuação da Limpet, ONG que atua na fabricação de vassouras a partir do fio de garrafa pet. 

Duas vezes por semana, sempre às segundas e quartas-feiras, das 13 às 16 horas, o local recebe as turmas do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. São turmas de 10 a 15 pessoas com deficiência intelectual, nos cursos de pintura em tecido ou tecelagem. Enquanto uma parte do grupo se envolve nas tintas, outros assumem o tear, de onde saem bolsas, cachecóis, tapetes e cintos. “Tudo o que produzem e vendem, retorna para eles”, comenta Thiago Villela dos Reis, assessor especial da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e Trabalho da prefeitura. 

 
O equipamento tem um espaço onde a ONG Limpet executa sua rotina de produção de vassouras, como atividade de geração de renda. As garrafas são recolhidas, lavadas e cortadas. Em seguida, um equipamento corta os fios, que sofrerão um choque térmico para ganhar resistência. Finalmente, são montadas as vassouras.
 
A prefeitura estuda agora a possibilidade de otimizar o espaço público: “estamos avaliando a possibilidade de oferecer alguns outros cursos”, comenta o prefeito, “com instrutores de outros setores, principalmente para atividades de geração de renda”.  
 


Ver todas as notícias