Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade

Notícias

20 de março de 2015

22 de Março é o Dia Mundial da Água

Um alerta, no lugar de comemoração.
 
A atual crise de água coloca em evidência problemas no sistema de abastecimento, que necessita ser ampliado e modernizado, com novos reservatórios de água, e manutenção periódica para reduzir o índice de perdas por vazamentos.
A população tem sido penalizada com a falta de água, de até 20 dias como no município de Itu, em São Paulo. Hoje torna-se essencial que adotemos práticas de economia de água e mudança de hábitos de consumo. 
 
Em cada residência no Brasil, 200 litros diários são consumidos, 27% vão para consumo (cozinhar, beber água), 255 para higiene (banho,escovar os dentes) 12% para lavagem de roupa, 3% para outros fins, e finalmente 33% para descarga de banheiro.
 
Podemos e precisamos adotar novos hábitos, visando a economia deste recurso tão precioso.
 
Vamos fazer a nossa parte. ECONOMIZE ÁGUA!
 
Veja algumas dicas de consumo consciente:
 
• No Banho:  Se molhe, feche o chuveiro, se ensaboe e depois abra para enxaguar. Não fique com o chuveiro aberto. 
• Ao escovar os dentes: escove os dentes e enxágüe a boca com a água do copo. Economize 3 litros de água.  
• Na lavagem de louças:  Lavar louças com a torneira aberta, o tempo todo, desperdiça até 105 litros. Ensaboe a louça com a torneira fechada e depois enxágüe tudo de uma vez. 
• Na máquina de lavar são gastos 40 litros. Utilize-a somente quando estiver cheia.  
• Na descarga: Verifique se a válvula não está com defeito, evite usá-la à toa, aperte-a uma única vez e não jogue lixo e restos de comida no vaso sanitário.  
• Na torneira: Uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros/minuto. Pingando, 46 litros/dia. Isto significa 1.380 litros por mês. Feche bem as torneiras.  
• Vazamentos: Um buraco de 2 milímetros no encanamento desperdiça cerca de 3 caixas d’água de mil litros.  
• Na caixa d’água: Não a deixe transbordar e mantenha-a tampada.  
• Evite lavar o carro: lavá-lo com uma mangueira gasta 600 litros de água. Se necessário lavar o carro, use um balde de 10 litros, para ensaboar e enxaguar. Para isso, use a água da sobra da máquina de lavar louça
 
É necessário também que os municípios e estados adotem políticas de gerenciamento de recursos hídricos.
 
O Fundo Estadual de Recursos Hidricos FEHIDRO, aprovou projeto do Consórcio CIOESTE que engloba os municípios de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Itapevi, Jandira, Pirapora, Santana de Parnaíba e Cotia, denominado “Redução do consumo de água em escolas das cidades integrantes do CIOESTE”.  Este projeto, apresentada pela Câmara Técnica de Meio Ambiente do Consórcio Intermunicipal Metropolitano Oeste (Cioeste) visa à promoção da melhoria no gerenciamento da água na comunidade escolar, na expectativa de incorporar valores voltados ao exercício da cidadania no trato com os recursos hídricos, incentivando o consumo sustentável e a eficiência no uso dos recursos públicos. O projeto está dividido em três fases, e objetiva a execução de ações concretas na diminuição do consumo de água em cerca de 30 escolas municipais da região, dentre as que apresentam maior volume de consumo de água. Ainda no primeiro semestre de 2015, o  projeto terá inicio nas escolas dos municípios participantes do Consorcio CIOESTE.
 


Ver todas as notícias