Secretaria da Educação

Notícias

4 de maio de 2016

Projeto Horta na Escola avança e enriquece currículo dos alunos da rede municipal de Carapicuíba

A prefeitura de Carapicuíba, através da Secretaria de Educação, em parceria com a Cooperativa Vira Lata, leva às escolas do município o projeto Horta na Escola, que envolve alunos e comunidade escolar - professores, demais funcionários do ensino e pais de alunos.

 

Projeto que proporciona ao aluno das EMEIs e EMEFs a oportunidade de conhecer e ter contato efetivo com as boas práticas ambientais tem como propósito, também, ensinar à criança como se faz uma horta, montagem no canteiro, semeadura, transplante, crescimento e a colheita.  A partir da prática do cultivo das hortaliças, a devida orientação sobre alimentação saudável.

 

Em cada escola, onde há espaço físico, o Projeto é efetivado com a implantação de canteiros de hortaliças, plantas ornamentais e frutíferas, o que contribui na aprendizagem prática das ciências naturais e biológicas, experiência tem se revelado importante reforço no desenvolvimento pedagógico do aluno. E mais: o resultado desta educativa produção agrícola é utilizado na alimentação da própria unidade escolar, ou seja, o aluno come aquilo que planta e cultiva.

 

A meta da Secretaria de Educação é chegar a todas as 49 escolas da rede municipal de ensino integrando o projeto; cada uma com sua especificação de acordo com o espaço disponível. A depender da realidade de cada unidade escolar, serão implantados canteiros de hortaliças, plantio de árvores e arbustos. Há, ainda, a alternativa, em razão do tipo de terreno, da implantação de horta suspensa e pomar.

 

Recuperação de vasos

 

Além do programa Horta na Escola, também foi montado uma oficina de recuperação de vasos, em que os alunos com ajuda de um instrutor de jardinagem estão fazendo a recuperação dos vasos que ficam nas escolas e espaços públicos da cidade.

 

O trabalho vem sendo realizado de acordo com a particularidade e situação específica de cada vaso. Primeiro o jardineiro faz todo o trabalho de recuperação, em seguida as crianças entram com a parte de replantio de plantas. Por fim, os vasos são devolvidos ao seu local de origem.

É mais uma experiencia de contato e prática da criança com a necessária preservação ambiental.

.



Ver todas as notícias