Secretaria de Cultura e Turismo

Notícias

25 de abril de 2016

Tradicional Festa da Santa Cruz acontece em Carapicuíba

De 1º a 4 de maio, acontece mais uma edição da Festa de Santa Cruz na Aldeia de Carapicuíba. O evento integra o calendário cultural do município desde 1954, e tem suas origens no período da colonização portuguesa, com a influência religiosa dos padres jesuítas.

 

Organizada pela Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, com o apoio da Comunidade Santa Catarina e dos festeiros, a Festa de Santa Cruz é o evento mais tradicional do município, e acontece há mais de 300 anos.

 

A Dança de Santa Cruz tem aspectos peculiares. Inicialmente, os violeiros, cantadores e dançantes, reúnem-se em frente à Igreja de Santa Catarina e ao pátio Cruzeiro para saudarem o templo e a Santa Cruz. Na seqüência é feita uma saudação em forma de cantoria em roda, e em seguida, a saudação é repetida na frente de todas as cruzes enfeitadas nas casas do quadrilátero que forma a Praça da Aldeia. 

 

Tradição

A festa mobilizava moradores e famílias de vários pontos da Grande São Paulo que vinham de carroças, carros de boi e automóveis, e se juntavam para ceias coletivas, cada um trazendo uma parte dos alimentos e bebidas que eram consumidos em meio a rodas de viola, catiras, leilões no pátio, cirandas e outros folguedos folclóricos. Com os novos tempos e a consequente urbanização da Aldeia, a festa foi se tornando cada vez mais pública, tornando-se parte do calendário oficial da cidade e a prefeitura  assumiu muitas funções antes relegadas somente às famílias e aos festeiros.

 

A Dança de Santa Cruz tem aspectos peculiares. Inicialmente, os violeiros, cantadores e dançantes, reúnem-se em frente à Igreja de Santa Catarina e ao pátio Cruzeiro para saudarem o templo e a Santa Cruz. Na seqüência é feita uma saudação em forma de cantoria em roda, e em seguida, a saudação é repetida na frente de todas as cruzes enfeitadas nas casas do quadrilátero que forma a Praça da Aldeia. 

 

A Zagaia, que encerra a festa, é uma variação, com maior influência indígena, da dança, da música e do cântico, caracterizada por uma grande roda em frente à capela. Durante os dias da festa, os festeiros, providenciam lanches, almoços, canjas e gemadas. 

 

Os festeiros participam durante os quatro dias, de 1 a 4 de maio. O primeiro dia é marcado pela apresentação de grupos e artistas que tocam e cantam música de raiz. No segundo, acontece o tradicional levantamento do mastro, dando início à Dança de Santa Cruz, que segue por três dias consecutivos. 

 

 

Segundo estudo feito pela Secretaria de Cultura e Turismo de Carapicuíba, a festa é única no mundo, haja vista a relevância histórica e os elementos culturais que a compõem.



Ver todas as notícias