Imprensa

23 de maio de 2019

Prefeitura comemora um ano do programa ‘Construindo o Futuro’

A Prefeitura de Carapicuíba comemora importante data neste mês de maio. Há exato um ano, a Secretaria de Educação dava o pontapé inicial ao programa de reforma nas escolas “Construindo o Futuro”. O projeto, em pleno vapor, leva um mutirão de revitalizações às unidades da rede municipal de ensino da cidade.

 

Com o objetivo de reestruturar as escolas de Carapicuíba, as obras de melhorias atendem as necessidades dos alunos, responsáveis e servidores. As manutenções são realizadas de forma completa nos prédios, área interna e externa; pinturas novas; troca de telhados com sistema térmico; vistorias das redes hidráulicas e elétricas; construções de novas quadras; reforma dos banheiros e salas de aula; novos mobiliários e computadores; além da instalação de câmeras de segurança e alarmes.

 

Dando cara nova às escolas, as remodelações envolvem ainda ampliações nas construções já existentes e retomada de prédios abandonados na cidade, que recebem adaptações e revitalizações e passam a atender como novas escolas, resultando no aumento da oferta de vagas no município.

 

Desde o início, o programa “Construindo o futuro” já finalizou e entregou as reformas das escolas Nai Molina do Amaral (Jd. Planalto), Emei Tico Tico (Cohab V) e Cidade Ariston (Ariston). Em obras aceleradas, as unidades Miguel Costa Junior, Carmelinda, Paraíso da Criança, Peter Pan e Vó Tonha passam por fase intermediária. Em etapa final, a escola Aconchego (Vila Sulamericana) tem previsão de entrega para este mês.

 

Complexo Educacional

 

Entre os desafios do programa “Construindo o futuro”, a atual gestão iniciou a construção do primeiro Complexo Educacional da cidade. As obras acontecem no antigo terreno do CSU, local abandonado há anos, e que agora abrigará serviços de educação e cidadania. O projeto contará com duas novas escolas de educação infantil (creche e pré-escola), quadra coberta, playground, auditório, salas administrativas, espaços para oficinas culturais, além da reforma do atual campo, que vai ganhar grama sintética.



Ver todas as notícias